Acesso a Informação
Acesso a monitoramento
Servidor Online
Bom Dia! Hoje é 19 de outubro de 2018



Legislativo economizou mais de 9,3 milhões nos últimos três anos

Avalie este item
(0 votos)
Sexta, 22 Dezembro 2017 11:52


O Poder Legislativo de Cascavel devolveu na manhã de hoje (23) o montante de R$ 3.537.997,47  ao Executivo. Com isso nos últimos três anos, a Mesa Diretora da casa contabiliza uma devolução superior a R$ 9 milhões e 300 mil reais aos cofres públicos. “O ano de 2017 foi difícil para a economia, o que exigiu que fossemos ainda mais rígidos com os gastos, por isso é  a maior devolução da história. É claro que precisamos manter o bom a andamento dos trabalhos, mas, com medidas simples e eficazes foi possível chegar a este resultado”, disse o presidente da Câmara Gugu Bueno. A  entrega do cheque simbólico com o valor economizado foi feita ao prefeito Leonaldo Paranhos na companhia dos vereadores Alécio Espínola,Carlinhos Oliveira,Serginho Ribeiro, Olavo Santos, Rômulo Quintino,Celso Dal Molin, Josué de Souza,  Parra, Jaime Vasatta,  Sidnei Mazzuti e Policial Madril.
O dinheiro entra na rubrica de recursos livres e já tem destinação. Segundo o prefeito Leonaldo Paranhos o empenho do Legislativo na gestão do dinheiro público vai possibilitar que 1 milhão de reais seja destinado a Secretaria de Agricultura para implantação do Programa "Conservando mais"; 1 milhão e 500 mil para a Secretaria de Saúde; 450 mil para a Secretaria de Esporte e Lazer para a construção de academias,uma pista de skate e uma quadra de futebol sintética; 300 mil reais para a Secretaria de Obras Públicas para pavimentação asfáltica nos distritos de Juvinópolis e Sede Alvorada; 150 mil para a Secretaria de Ação Comunitária para reforma de Salões comunitários e 150 mil para compra de 10 carrinhos elétricos para recicladores através da Secretaria de Meio Ambiente.
Segundo Paranhos “este é  um exemplo de boa gestão do dinheiro público, principalmente  para muitas câmaras de vereadores que neste fim de ano estão pedindo suplementação em seus orçamentos."
Para  Gugu Bueno o resultado só foi possível graças a um entendimento da Mesa Diretora da Casa de que as medidas se austeridade eram necessárias. “Corre-se o risco de não ser bem compreendido por alguns, mas não tenho medo. Faço questão de monitorar pessoalmente os gastos da Câmara e se perceber que é possível cortar ainda mais os custos de manutenção da Casa, não pensarei duas vezes”, frisou.

Legislativo economizou mais de 9,3 milhões nos últimos três anos